terça-feira, 6 de outubro de 2020

Emagrecer é diferente de perder peso?


 

Viva! 💖

Sim, pode ser bastante diferente.

1 Kg de gordura ocupa um volume muito maior do que 1 Kg de massa muscular, pelo que num emagrecimento com um acompanhamento nutricional adequado, a diferença no volume corporal é um dos primeiros sinais visíveis do emagrecimento.

Lembro-me de ver a Susana* - 40 anos, professora em Lisboa, 1,60 m, 75 Kg - que me procurou após ter feito várias tentativas de emagrecimento, sem grandes resultados.

Apesar de ter perdido 5 Kg (antes pesava 80 Kg), sentia-se cada vez mais flácida, cansada, esfomeada, desmotivada… e na altura tinha feito análises que revelaram que se encontrava com anemia. Também se sentia bastante ansiosa e tinha dificuldade em adormecer.

Ia casar em breve, e queria mesmo emagrecer assim tipo “num piscar de olhos” …

A Susana tinha feito uma “dieta” extremamente restrita – à base de salada, bife, batidos (que o noivo também tomava) e pouco mais – e apesar de ter perdido 5 Kg, quase que não notou diferença nas suas roupas.

Durante a 1ª consulta verifiquei que a sua massa adiposa (gordura) ainda se encontrava bastante acima do desejável, que seu metabolismo basal estava no limite mínimo para o seu biótipo e a % de água corporal estava bastante abaixo do desejável.

A Susana fazia uma alimentação extremamente carenciada de alguns micronutrientes – ferro, ácido fólico, cálcio, vitaminas do complexo B, zinco …- e um baixo aporte energético e glucídico.

Uma boa parte das proteínas que consumia, estavam a ser utilizadas como fonte de energia, e muito provavelmente o seu corpo, recorria frequentemente à utilização de corpos cetónicos como fonte de energia, visto não haver um aporte energético e glucídico suficiente.

A Susana tinha perdido 5 Kg de peso essencialmente à custa da perda de massa magra – principalmente água e músculo – e pouca gordura.

Como tal, para além de estar preocupada com o cansaço e com a anemia…não notou uma grande diferença no seu volume corporal, e sentiu as suas coxas, braços e barriga mais flácidos.

Infelizmente, vejo com alguma frequência, pessoas que passam por estas “dietas” extremamente limitadas e restritas, e que, com o passar dos anos, têm cada vez mais dificuldade em emagrecer, e mesmo em manter o seu peso.

Com uma reeducação alimentar, e um plano nutricional adequado a cada pessoa, consegue-se emagrecer efetivamente.  Ou seja, perde-se gordura, e mantém-se o mais possível a massa magra (água, músculo, osso…), ou até aumentá-la um pouco.

Quanto à Susana, conseguiu emagrecer e mantém os seus 65 Kg já há 4 anos. Também recuperou a sua energia, corrigiu a anemia e sente-se feliz e saciada com a sua alimentação.

 

* Por questões de privacidade os nomes não correspondem aos reais.

 

 

Cumprimentos vitaminados,
Eduarda Alves.
Www.eduardaalves.pt

Consulta de Nutrição Funcional e Comportamental

Contactos:
eduardaalves@dietadoprazer.pt

Agualva-Cacém - Clínica Vita-Sana: 21 914 07 55 / 91 846 57 44.
Lisboa - Hospital da Ordem Terceira Chiado: 21 323 03 00

 


Copyright: © By Eduarda Alves. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.




segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Receita de Pão saboroso e facílimo de fazer

 Pão na chávena – Feito no micro-ondas


Viva! 💖

Em tempos de Covid- 19, as mudanças nas nossas vidas são imensas… e muitas estão relacionadas com a nossa alimentação.

Muitas pessoas, especialmente durante o período de confinamento, começaram a cozinhar mais em casa e algumas até a fazer o seu próprio pão.

A maioria fá-lo recorrendo às máquinas de pão. No entanto, se não tem máquina de pão, também poderá fazer deliciosos e saudáveis pães no forno, micro-ondas, na “Patusca” (também conhecida por “Cloche”…

Deixo-vos aqui os links para algumas receitas de pães deliciosos, criadas por mim para os supermercados ALDI.

Não necessitam de máquina e são muito saborosas e fáceis de preparar:

Pão bio na chávena https://www.aldi.pt/receitas/especial-bio/Pao-bio-na-chavena.html

Pão de espelta, aveia e linhaça https://www.aldi.pt/receitas/pequeno-almoco/Pao-de-Espelta-Aveia-e-Linhaca.html

Bola Mediterrânica https://www.aldi.pt/receitas/receita-da-semana/Bola-Mediterranica.html

Espero que gostem e se deliciem!


Cumprimentos vitaminados,
Eduarda Alves.
Www.eduardaalves.pt

Consulta de Nutrição Funcional e Comportamental

Contactos:
Online: eduardaalves@dietadoprazer.pt

Agualva-Cacém - Clínica Vita-Sana: 21 914 07 55 / 91 846 57 44.
Lisboa - Hospital da Ordem Terceira Chiado: 21 323 03 00

Copyright: © By Eduarda Alves. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.




 


segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Preciso de emagrecer… é melhor a dieta cetogénica ou a dieta paleo?

 


Viva! 💖

Esta é uma pergunta que me fazem constantemente… Preciso de emagrecer, a dieta cetogénica será a melhor escolha?

Ou será a Paleolítica? Ou a Low carb? O Jejum intermitente? Ou talvez uma dieta sem glúten e sem lactose? Ou…?

A pergunta vai tendo algumas variantes, consoante o que está “mais em voga”.

Também recebo na consulta pessoas que já experimentaram um bocadinho de tudo – e um bocadão de nada 😊 – sem conseguirem os resultados pretendidos.

Ora bem, cada caso é um caso e cada pessoa deverá ser tratada como o ser único que é, e visto como um todo. De contrário, não conseguimos resultados duradouros e mudanças comportamentais que se reflectem no estilo de vida e nos resultados pretendidos.

Como tal, a questão que se coloca não é tanto se “a dieta X” é boa para emagrecer…É mais, se é adequada a si e aos objetivos pretendidos, nesta fase da sua vida.

Por exemplo, se tem Diabetes, obviamente que a Dieta Cetogénica não será uma boa escolha para si, ou se tem esteatose hepática (fígado gordo) e dislipidemia, a Dieta Paleolítica também não é indicada para si.

A escolha da melhor conduta nutricional a seguir – para si – bem como os aportes nutricionais de macro e micronutrientes, fracionamento… só um (a) nutricionista/dietista experiente tem competência para decidir e ajudá-la (lo) no seu processo de emagrecimento saudável.

Procure o acompanhamento de um profissional – nutricionista/dietista – experiente, com quem tenha empatia, que a (o) escute atentamente, e que faça uma abordagem holística (uma avaliação integral de si como um todo e um acompanhamento extremamente personalizado) respeitando a pessoa única que é.

Assim, todas as orientações serão especificas para si, e para a (o) ajudar a emagrecer continuando a comer com prazer, e a aprender a interiorizar um estilo de vida que lhe proporcione um maior bem-estar e um peso mais saudável.

A reeducação alimentar deverá ser sempre adaptada a si e ao seu dia a dia, bem como aos seus compromissos profissionais e pessoais, hábitos, tempo disponível… deve ser uma ajuda e nunca uma fonte de stress!

Não é porque está na moda, que vai ter que comer chia, beber batidos detox e usar óleo de coco. O ponto de partida, deverá ser baseado nos seus hábitos atuais e nos alimentos a que está habituada (o) e com que se sente bem.

De contrário, ao experimentar a dieta da moda X, Y e Z, sem um acompanhamento nutricional adequado a si, poderá estar a contribuir para ter cada vez mais dificuldade em emagrecer – e principalmente em manter o peso – e a perder saúde, quando o objectivo é precisamente o contrário – Emagrecer e ganhar saúde e qualidade de vida.

Espero ter ajudado.

 

 

Copyright: © By Eduarda Alves. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.


Cumprimentos vitaminados,
Eduarda Alves.
Www.eduardaalves.pt

Consulta de Nutrição Funcional e Comportamental

Contactos:
Online: eduardaalves@dietadoprazer.pt

Agualva-Cacém - Clínica Vita-Sana: 21 914 07 55 / 91 846 57 44.

Lisboa - Hospital da Ordem Terceira Chiado: 21 323 03 00