Marcação de consulta

Marcação de consulta
Marcar em www.hospitaldaordemterceira.pt e www.vitasana.pt

segunda-feira, 18 de março de 2013

Como devo alimentar o meu filho


Grande promoção de livro da semana, de 18 a 24 de Março. Aproveite já!
Agora pode comprar este livro apenas por 7,90€ e com portes grátis. Só esta semana!

Saiba mais e encomende aqui
http://www.presenca.pt/livro/saude-e-familia/nutricao/como-devo-alimentar-o-meu-filho/?UDSID=§§§§001303181140350028153346304§§§§

Boas leituras!
Eduarda Alves.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Carne contaminada com medicamentos



A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco), detetou a presença de fenilbutazona (medicamento anti-inflamatório, analgésico e antipirético), em produtos alimentares à base de carne vendidos em Portugal.

A utilização deste medicamento, na carne para consumo humano, é ilegal, podendo ter repercussões na saúde dos consumidores, se ocorrer um consumo continuado e duradouro. Trata-se de uma situação de (in) segurança alimentar!

A maioria destes produtos alimentares (lasanhas, almondegas, salsichas, hambúrgueres …), apenas mencionava carne de vaca na sua composição, tendo-se verificado que na realidade continham também carne de cavalo. A carne de cavalo, por ter um menor custo que a carne de vaca, teria sido introduzida fraudulosamente em substituição da carne de vaca, nunca sendo mencionada no rótulo.

O assustador de toda esta situação, é o sabermos que estamos a ser nitidamente enganados, pois a descrição do rótulo não coincide com a composição destes produtos. E por outro lado, desconhecemos durante quanto tempo é que esta situação ocorreu sem ser detetada. Meses? Anos? Muitos anos? E que outros produtos alimentares adulterados poderemos estar a consumir? Com que substancias?

Enfim … As questões são muitas, e devemos refletir sobre estes assuntos. Quantas situações de alergias graves, que não se identificam as causas, serão provocadas pelo consumo involuntário, e ilícito, das mais variadas substancias que poderão não ser mencionadas nos rótulos?

Saudações vitaminadas!

Eduarda Alves.

Saiba mais em

 

 

quarta-feira, 6 de março de 2013

Obesidade, a causa de muitos males


Sabia que 30% das pessoas com excesso de peso e 70% das pessoas com obesidade, não têm consciência da sua situação, acreditando que apenas têm uns quilos a mais? Mas o seu coração, fígado, pulmões, ossos...Sabem e sentem o peso da obesidade!

 
Cada vez existem mais estudos científicos, que demonstram que a obesidade favorece o aparecimento de uma grande parte das doenças crónicas não transmissíveis, como a osteoartrite, as doenças cardiovasculares, vários tipos de cancro, a diabetes tipo 2 e muitas outras.

De uma pesquisa conjunta de Hunter College de Nova York, Universidade do Arizona e Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, concluiu-se que dormir pouco e ingerir calorias em excesso são os principais responsáveis pelo aumento do número de pessoas obesas, nos países desenvolvidos.

Tendo em conta que em Portugal, já contamos com cerca de 50% da população com excesso de peso e obesidade, cerca de 31% de obesidade infantil, cerca de 1% da população com obesidade grave, cerca de 10% com Diabetes tipo 2, e cerca de 48% com hipertensão arterial, se não mudarmos rapidamente o nosso estilo de vida, corremos um elevado risco de sermos um “povo muito doente” a médio prazo.


A reeducação alimentar é a única forma efetivamente eficaz e duradoura, de lutar contra “estes grandes males”!

Quase todos os dias, vejo alguém em consulta que me diz “eu como tão pouco e não sei porque engordo”, ou “eu até engordo só de olhar para a comida”. É óbvio, que durante a consulta identificamos o “porquê daquele peso”, e de como é que chegou até ele. E com pequenas mudanças – tão simples, mas tão eficazes – conseguimos que o processo de emagrecimento se dê de forma saudável, efetiva e duradoura.

Também é muito comum, as pessoas não terem perceção de que já são obesas, pois associam o “ser obeso” apenas à obesidade grave, e muitas vezes sendo-o, não se percecionam como tal.

Emagrecer com saúde, com o acompanhamento nutricional adequado ao seu caso, é um dos maiores “Bens” que pode fazer pela sua saúde!

Aprender a alimentar-se de forma saudável, de forma a melhorar a sua saúde atual, como prevenir várias doenças familiares, e a aprender a fazer as melhores escolhas alimentares para si. É a melhor forma de prevenir mais de 80% das doenças crónicas não transmissíveis, e de contribuir para viver mais anos e com qualidade de vida.

Ás vezes é tão fácil melhorar a nossa qualidade de vida. Basta dar um primeiro passo na direção certa!

Cumprimentos vitaminados,
Eduarda Alves.
Dietista – Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas
 
Acompanhe todas as novidades no Facebook

Copyright: © By Eduarda Alves, 2008 a 2016. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.

Consulta de Nutrição
Agualva-Cacém -
Clínica Vita-Sana:
21 914 07 55.
Lisboa - Hospital da Ordem Terceira: 21 323 03 23.