sexta-feira, 8 de abril de 2022

Receita de Tarte de Maçã Easy-going

 


(cerca de 12 fatias de 130 g cada)

 

Ingredientes:

·         4 maçãs Golden

·         2 colheres de sopa de sumo de limão

·         100 g de amido de milho (usei a farinha Maizena)

·         30 g de farinha de coco biológica, desidratada e desengordurada

·         40 g de farinha de aveia sem glúten

·         170 g de açúcar de flores de coco

·         2 colheres de sopa de canela (cheias)

·         1 colher de sobremesa de fermento em pó Royal

·         6 ovos biológicos (de galinhas felizes)

·         6 colheres de sopa de azeite virgem extra

·         200 ml de sumo de maçã biológico

·         Papel para forno/papel manteiga

 

  1. Descasque as maçãs, retire as sementes, e corte-as em fatias finas.
  2. Disponha-as numa taça, e regue-as com o sumo de limão. Mexa bem e reserve.
  3. Coloque numa taça os ingredientes “secos” - as farinhas Maizena, de coco e de aveia, bem como o açúcar de flores de coco, a canela e o fermento em pó.
  4. Misture bem “os secos” e reserve.
  5. Noutra taça disponha os ovos, o azeite e o sumo de maçã. Bata-os ligeiramente, até obter uma mistura homogénea.
  6. Forre uma forma redonda para tarte, com o papel para forno, e disponha as fatias de maçã – juntamente com o sumo de limão – no seu fundo.
  7. Deite a mistura dos “secos” sobre as fatias de maçã, e espalhe bem com a ajuda de uma espátula.
  8. De seguida, verta “colher a colher”, a mistura dos “líquidos”, de modo a que se vá infiltrando bem nos “secos”. Alise com um garfo, ou uma espátula.
  9. Asse em forno pré-aquecido a cerca de 200 ºC, durante cerca de 50 minutos.
  10. Deixe arrefecer e retire, cuidadosamente, o papel.
  11. Polvilhe com canela e delicie-se!

 

Esta deliciosa tarde de maçã easy-going não contém glúten, podendo também ser uma boa escolha para pessoas com intolerância ao glúten ou com doença celíaca.


Tem um aporte energético, de açúcar e de gordura saturada, bastante menor do que a tarte de maçã tradicional, podendo adequar-se também à alimentação de quem procura fazer uma alimentação equilibrada e manter um peso saudável.

 

 

 

Aporte nutricional por fatia (130 g):

% DR (Dose de Referência para um adulto médio – 8.400 KJ/2.000 Kcal)

Energia (Kcal)

216

11

Proteínas (g)

4

8

Lípidos (g)

8

11

- dos quais saturados (g)

2

10

Hidratos de carbono (g)

32

12

- dos quais açúcares

19

21

Fibra (g)

2

8

Sal (g)

0,08

1

Fonte: Tabela da composição dos alimentos do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge; Informação nutricional contida nos rótulos alimentares.

 

Cumprimentos vitaminados,

Eduarda Alves – Nutricionista especialista em Nutrição Clínica pela Ordem dos Nutricionistas.


Acompanhe todas as novidades aqui no Facebook e no Instagram

Copyright: © By Eduarda Alves. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.

Consulta de Nutrição Clínica e Comportamental

Contactos:

eduardaalves@dietadoprazer.pt

Agualva-Cacém - Clínica Vita-Sana: 96 886 41 77 / 91 846 57 44.

Lisboa - Hospital da Ordem Terceira Chiado: 21 323 03 00

 


quarta-feira, 30 de março de 2022

Colocar só 1 batata na sopa, engorda?

 

Viva! 💖

Gosta de sopa?

E aprecia as sopas tradicionais – aquelas sopas deliciosas, quase tão boas como as que as nossas avós faziam – como a sopa de couve e feijão-encarnado, de grão com espinafres, ou o nosso caldo-verde?

No entanto, receia comer estas sopas, porque procura manter/atingir um peso equilibrado, e as versões tradicionais podem ser demasiado calóricas?

Acompanho algumas pessoas que adoram estas sopas tão típicas da nossa Dieta Mediterrânica, mas que quase não as comem por este receio.

Recentemente, até vi uma senhora que adora caldo-verde, mas não o come há anos por causa da batata. E, sem batata, não gosta do caldo-verde.

Quando lhe disse que podia fazer uma versão light, apenas com uma pequena quantidade de batata, ficou surpresa.

Isto acontece devido a algum “alarmismo nutricional” que existe relativamente a alguns alimentos – como a batata, o pão, o arroz…

É óbvio, que a quantidade faz toda a diferença, bem como a forma como cozinhamos os alimentos, as combinações que fazemos e os temperos que acrescentamos.

E têm alguma razão, pois quando se comem em restaurante, normalmente, têm demasiada quantidade de batata e de gordura.

Por vezes, até têm enchidos adicionados, ou “caldos

industrializados” hipercalóricos e carregados de aditivos e sal, transformando-se em sopas menos equilibradas.

No entanto, poderá comer com prazer sopas saborosas e nutritivas. 

Basta prepará-las em casa, juntando apenas 1 batata de cerca de 100 g (corresponde ao tamanho de 2 ovos) para 1 panela de sopa de 3 litros (que rende cerca de 12 doses), e engrossar a base da sopa com legumes – como a curgete, cebola, abóbora, cenoura, chuchu, cogumelos…

Também poderá adicionar uma pequena quantidade de flocos de aveia (ou mesmo de farelo de aveia), que deverão cozer com os legumes, e posteriormente ser muito bem triturados até ficarem em creme.

Assim, fica com o sabor tradicional, e apenas aumenta o valor energético da sua sopa em cerca de 7 Kcal por dose, o que é quase insignificante.

Tenha sempre em conta que estamos a falar de 100 g de batata, e não de 300 ou 400 g (como vejo fazer a algumas pessoas).

Se preferir, também poderá alternar as 100 g de batata por cerca de 1 concha de feijão ou de grão cozido, para 1 panela de sopa de 3 litros.

Ou para variar, até poderá colocar metade de cada. Por exemplo, para uma para 1 panela de sopa de 3 litros, poderá colocar 50 g de batata e ½ concha de feijão ou de grão cozido.

 

Como “cada pessoa é uma pessoa”, tendo as suas necessidades nutricionais especificas (de acordo com uma série de factores), aconselhe-se sempre com a sua / o seu nutricionista antes de fazer qualquer alteração na sua alimentação habitual.

Ah, a senhora que adorava caldo-verde e não o comia por receio, agora segue a receita que combinámos e “farta-se” de comer esta sopa.

Fazer uma alimentação equilibrada pode, e deve, ser um prazer! 

 

Cumprimentos vitaminados,

Eduarda Alves – Nutricionista especialista em Nutrição Clínica pela Ordem dos Nutricionistas.


Acompanhe todas as novidades aqui no Facebook e no Instagram

Copyright: © By Eduarda Alves. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.

Consulta de Nutrição Clínica e Comportamental

Contactos:

eduardaalves@dietadoprazer.pt

Agualva-Cacém - Clínica Vita-Sana: 96 886 41 77 / 91 846 57 44.

Lisboa - Hospital da Ordem Terceira Chiado: 21 323 03 00