Marcação de consulta

Marcação de consulta
Marcar em www.hospitaldaordemterceira.pt e www.vitasana.pt

terça-feira, 30 de março de 2010






"Junk food" pode viciar tanto quanto drogas, diz estudo




Fonte: BBC Brasil




Uma pesquisa publicada esta semana afirma que os mecanismos do corpo que provocam vício em drogas são os mesmos que geram a compulsão por comer alimentos calóricos.
A pesquisa feita pelo Scripps Research Institute, no Estado americano da Flórida, afirma que como o vício em drogas, a compulsão por comidas gordurosas - como doces e frituras - é extremamente difícil de ser combatida.
O estudo, realizado com camundongos, mostra que as partes do cérebro que lidam com o prazer deterioram-se gradualmente na medida em que o consumo vai aumentando.
Essas regiões do cérebro vão respondendo cada vez menos aos estímulos, o que fez com que os camundongos comessem cada vez mais, tornando-se obesos.
O mesmo teste foi realizado com heroína e cocaína, e os ratos responderam da mesma forma.
Obesidade
Para o cientista Paul Kenny, que coordenou a pesquisa de três anos, uma dieta com alimentos gordurosos possui elementos que viciam.
"No estudo, os animais perderam completamente o controle sobre seu hábito de alimentação, o primeiro sinal de vício. Eles continuaram comendo demais mesmo quando antecipavam que receberiam choques elétricos, mostrando o quão estimulados eles estavam para consumir a comida."
A experiência foi feita com alimentos que provocam obesidade se consumidos em excesso, como bacon, salsichas e cheesecakes. Os animais começaram a engordar imediatamente.
O cientista relata que quando a dieta foi trocada por alimentos mais saudáveis, alguns deles se recusaram a comer e preferiram não se alimentar.
Depois de analisar o resultado da pesquisa com camundongos, Kenny e sua equipe estudaram os mecanismos que provocam a compulsão.
O receptor D2 responde à dopamina, um neurotransmissor que está relacionado à percepção de prazer - como o provocado por comida, sexo ou drogas.
Quando há excesso no consumo de drogas como cocaína, por exemplo, o cérebro é "inundado" com dopamina, aumentando a sensação de prazer. Um processo semelhante acontece com dietas gordurosas. Com o tempo, no entanto, o cérebro recebe menos dopamina.




A pesquisa foi publicada neste domingo no jornal "Nature Neuroscience".



Quais são os alimentos com maior teor de ferro?

- Carnes, caça, peixes gordos (sardinha, salmão, truta, …), gema de ovo, tofu, soja, feijão, favas, ervilhas, grão, lentilhas, algas marinhas, agrião, brócolos, tomate, salsa, morangos, melancia, framboesa, tâmaras, sementes de girassol, sementes de sésamo, beterraba, folhas de beterraba, acelga, cacau, ostras, chocolate preto, marisco, aveia, espargos, abóbora, alfafa, cogumelos, azeitonas, passa de uva, ameixas secas, alperces secos, nozes, avelãs, levedura de cerveja, rins, fígado.

quarta-feira, 24 de março de 2010



22 Março 2010 - 12h14
Nutricionista americana faz experiência com McDonald's


'Happy Meal' resiste um ano inteiroUma nutricionista americana fez uma experiência com um ‘Happy Meal’ da cadeia de fast food McDonald’s, fotografando-o em 2009 e guardando-o, para comprovar o poder dos conservantes. Um ano depois o hambúrguer e as batatas continuavam quase iguais, sem qualquer tipo de odor ou outros sinais de decomposição.
O 'Happy Meal' é uma refeição que se destina a crianças e a nutricionista Joann Bruso defendeu, em declarações ao diário britânico 'Daily Mail', que o facto de não apresentar indícios de decomposição passado tanto tempo demonstra que essa comida não é saudável.

No decurso deste período, Bruso também afirma que nem moscas nem outros insectos foram atraídos pela refeição da cadeia McDonald's.

A americana afirma ainda que ‘se as moscas ignoram um ‘Happy Meal' e os micróbios não o decompõem, então o corpo de uma criança também não poderá metabolizá-lo convenientemente.
Ao longo dos anos, a cadeia de fast food americana McDonald's tem-se esforçardo para provar que os seus alimentos são de qualidade, contrariando mitos criados acerca dos mesmos.
No entanto, estudos recentes indicam que cada produto contém, em média, sete aditivos alimentares. O pão tem conservantes como cálcio e propionato de sódio, a fatia de pickle contém benzoato de sódio e nas batatas fritas são detectáveis ácido cítrico e pirofosfato ácido de sódio, que mantêm a sua cor.
A McDonald's ainda não reagiu à experiência da nutricionista mas alguns críticos chamam a atenção para o facto de Joann Bruso viver em Denver, no estado do Colorado, onde as temperaturas são particularmente baixas. Isso poderá desacelerar o processo de decomposição da comida.
Isabel Chaves
Fonte: Correio da Manhã

sexta-feira, 19 de março de 2010





À semelhança da liberdade, uma linha esbelta requer uma vigilância eterna.

Theodore Van Itallie

terça-feira, 16 de março de 2010


Pau D`Arco

O Pau D`Arco também é conhecido por Ipê Roxo (principalmente no Brasil). Possui uma imensa variedade de princípios activos, como por exemplo os derivados naftoquinónicos, flavonóides, tecomina, indóis, coenzima Q10, antraquinonas, derivados do ácido benzóico, ferro, selénio, cálcio e muitos outros.

Em Latim é designado por Tabebuia impetiginosa; Tecoma violácea; Tecoma impetiginosa; Tecoma curialis.

Qual é a parte utilizada? A casca.


Quais são as suas propriedades principais?

Antioxidante
Anti-parasitário
Anti-viral
Anti-inflamatório
Anti-bacteriano
Tonificante Cardíaco (devido à presença de coenzima Q10)
Acção cicatrizante e hemostática
Reforça o Sistema Imunitário
Anti-tumoral
Diurético
Analgésico
Hipotensor
Hipoglicemiante

Precauções:
Não deve ser tomado durante a gravidez e amamentação
As pessoas que tomam anticoagulantes, só o deverão tomar após avaliação por profissional de saúde
Não deve ser tomado por pessoas hipotensas (com a tensão arterial demasiado baixa)

O Pau d`Arco pode ser utilizado em comprimidos, cápsulas, xaropes, extracto líquido, pomada, gel ou chá.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Bolo de Alfarroba Light


Olá boa tarde! Como vai? Espero que muito bem!




Bolo de Alfarroba Light
(cerca de 16 fatias)

Ingredientes: - 1 iogurte natural de 125 g (ou 125 g de iogurte de soja natural), 2 gemas e 6 claras de ovo, 3 colheres de sopa de azeite, um copo de iogurte de água, 2 copos de iogurte de açúcar amarelo em pó, 2 copos de iogurte de farinha maisena (amido de milho), 1 copo de iogurte de farinha de alfarroba, 1 colher de sobremesa cheia de fermento, 2 colheres de sopa de cacau magro sem açúcar, 1 colher de sopa de canela em pó, 1 colher de sopa de côco ralado.

Preparação: - Num recipiente fundo, bata bem as gemas com o açúcar amarelo até obter um creme. Adicione a farinha maisena, a farinha de alfarroba, o fermento, o cacau magro, a canela, o azeite, a água e o côco ralado e bata muito bem com a batedeira.

Bata as claras em castelo e de seguida envolva-as lentamente no preparado obtido anteriormente. Misture bem até obter uma mistura homogénea.

Coloque numa forma previamente untada com um pouco de azeite e farinha. Coloque no forno e deixe cozinhar durante o tempo necessário.

Observações: - Este bolo de Alfarroba Light é muito agradável, parecendo quase um bolo de chocolate, e contém muito menos calorias e colesterol do que as receitas tradicionais.

Pode fazer parte de um lanche agradável das tardes de Inverno. Acompanhe-o com chá de bagas de Goji, bem quentinho.

Se estiver mais gulosa (o) poderá barrá-lo com iogurte 0% de morango batido com cacau magro e adoçante stévia em pó. Fica delicioso!


O bolo de alfarroba light também é indicado para pessoas que se encontram em processo de emagrecimento e também para pessoas com hipercolesterolemia. As quantidades a ingerir deverão ser adaptadas a cada caso específico. Aconselhe-se com a sua dietista-nutricionista.

Bom apetite e uma ótima semana para si e para os seus!

Cumprimentos vitaminados, Eduarda Alves.

Dietista – Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas
 
Acompanhe todas as novidades no Facebook

Copyright: © By Eduarda Alves, 2008 a 2016. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.

Consulta de Nutrição
Agualva-Cacém -
Clínica Vita-Sana: 21 914 07 55.
Lisboa - Hospital da Ordem Terceira: 21 323 03 98.

 
 
 

segunda-feira, 8 de março de 2010

Feliz Dia Internacional da Mulher


Parabéns a todas as Mulheres do mundo. Somos realmente seres especiais, que lutam por aquilo em que acreditam, com toda a diplomacia, sensibilidade, racionalidade, sabedoria, tranquilidade e carinho. E muitas vezes, de saltos altos!

As Mulheres são naturalmente elementos cuidadores (talvez por este motivo, se encontrem tantas mulheres na área de saúde), versáteis, imaginativas e perfeitamente capazes de lidar com inúmeras situações ao mesmo tempo, sem descurar nada e sem perder o sorriso e a compostura.

O Dia Internacional da Mulher é apenas mais um dos muitos dias na vida de uma Mulher, pois todos os dias são de todos nós – Mulheres, homens e crianças.

Hoje experimente uma sobremesa doce light, criada especialmente para si. Assim não sairá da linha.

Veludo de Maçã

Rendimento: 4 doses

Ingredientes: 4 maçãs, 1 colher de chá de sumo de limão, 1 colher de chá de canela em pó, 4 colheres de sopa de aspartame em pó, 8 colheres de sopa de água, 1 colher de sopa de farinha Maizena, 1 colher de sobremesa de côco ralado.

Preparação: Lave bem as maçãs, descasque-as, retire as sementes e parta-as em pequenos pedaços, colocando-as numa taça de pirex. Adicione a água e coza no microondas durante 10 minutos. Adicione a farinha maizena, triturando bem com a varinha mágica. Rectifique a água se necessário. Coloque no microondas durante mais 5 minutos. Retire e acrescente o sumo de limão, a canela, o côco ralado e o aspartame. Mexa bem, até estar bem misturado. Deixe arrefecer e coloque em tacinhas no frigorífico. Ao fim de 2 horas está pronto a servir.


Bom apetite e uma vida repleta de Saúde e Bem-estar, com todos os dias para todos nós.

Eduarda Alves.