Marcação de consulta

Marcação de consulta
Marcar em www.hospitaldaordemterceira.pt e www.vitasana.pt

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

PREVINA A GRIPE À DENTADA



Todas sabemos que mais vale “prevenir do que remediar”, e que “somos o que comemos”, constituindo motivos “de sobra” para que comecemos já a apostar na prevenção, e a reforçar o nosso sistema imunitário. Com uma dieta equilibrada, variada e saborosa, que nos forneça todos os nutrientes e compostos bioactivos de que o nosso corpo necessita para se manter saudável, conseguimos reduzir substancialmente, o risco de nos constiparmos ou de termos gripe.

Alimentos que reforçam o seu sistema imunitário e previnem constipações e síndromes gripais:

  • Cominhos – Fornecem óleos voláteis, ácidos gordos ómega-3 e 6, e vitaminas B1 e B2. Têm acção antibacteriana, estimulam a resposta imunitária e atenuam as reacções alérgicas. Podem ser adicionados nos chás, e em vários pratos.
  • Romã – O seu sumo é riquíssimo em antioxidantes, e possui uma acção bactericida e antiviral, ajudando a combater as infecções. Para retirar as sementes da romã, de forma mais fácil, basta cortá-la ao meio e bater-lhe de lado com uma colher de pau. Poderá guardá-las de imediato em saquinhos de congelação, congelá-las e utilizá-las posteriormente para preparar sumo. Quando fizer o sumo, deverá bebe-lo de imediato para que não perca as suas propriedades nutricionais.

·         Gengibre – Ajuda a descongestionar a garganta, e estimula a libertação da expectoração. Pode colocar uma pitada de gengibre moído nos seus chás, ou adicioná-lo nas sopas.

·         Cebola – Contém quercitina e bioflavonóides, que possuem acção antiviral e antibacteriana, ajudando a descongestionar e a desinflamar a garganta.

·         Tomilho – É rico em timol, o qual tem acção estimulante do sistema imunitário. Ajuda a prevenir e combater infecções respiratórias, favorecendo a eliminação da expectoração. Pode ser utilizado em chás, ou na preparação de pratos de carne, tofú, massas e arroz.

·         Nozes e sementes de abóbora – São ricas em zinco que potencia a actuação do sistema imunitário, e Ómega-3 que exerce acção anti-inflamatória.

·         Ananás – É muito rico em bromelaína (enzima proteolítica com propriedades anti-inflamatórias), vitaminas C e B6, cobre e magnésio.

·         Brócolos – Muito ricos em antioxidantes e ácido fólico. Ajudam a aumentar a formação de glóbulos brancos, contribuindo para a defesa contra as infecções respiratórias.

·         Iogurte – Contém microorganismos que recuperam a flora intestinal, evitam o desenvolvimento de bactérias indesejáveis, e reforçam o sistema imunitário, ajudando-nos no combate às infecções. Coma 2 por dia.

·         Alho - O alho tem acção antiviral e antibacteriana, pois ao mastigar, picar ou triturar os dentes de alho, mistura-se a aliina com a alinase (enzima existente no alho) dando origem à alicina, a qual é considerada um bom antibiótico. É rico em selénio, e vários antioxidantes, ajudando a melhorar as defesas do organismo, e a tornarmo-nos mais resistentes às doenças.

·         Laranjas, tangerinas, acerola, limões – São ricos em limoneno, vitamina C, carotenóides e vitaminas B3 e B5. Reforçam o sistema imunitário, reduzem as inflamações da garganta, ajudando a combater vírus e bactérias, responsáveis por constipações e estados gripais.

·         Água – É fundamental à vida, e necessária para todas as reacções bioquímicas que ocorrem no nosso corpo. Devemos beber cerca de 1, 5 a 2 litros diariamente. A água ajuda a eliminar toxinas, e a fluidificar secreções, ajudando-a a manter-se saudável. Manter as mucosas orais e nasais bem hidratadas, ajuda a evitar o desenvolvimento de vírus. Deverá ser bebida à temperatura ambiente, ou morna, nunca gelada.

·         Mirtilos, framboesas e amoras – Ricos em antocianinas, vitaminas C, E e B2, ácido elágico e taninos. Têm propriedades anti-inflamatórias, reforçam o sistema imunitário, e reduzem a tosse. Devem ser comidos crus.

Neste Inverno, consuma mais saladas, hortaliças, legumes e frutas, pois fornecem-lhe muitas vitaminas, minerais, antioxidantes, compostos bioactivos e fibras, que são fundamentais para a boa saúde do seu sistema imunitário.

Mais alguns cuidados para se prevenir das gripes e constipações:

·         Evitar o uso de aquecimentos, e os choques térmicos – É preferível vestir mais um casaco e calçar mais um par de meias, do que recorrer ao aquecimento, pois não seca as mucosas das vias respiratórias, é mais gradual e natural.

·         Saia bem agasalhada – Nos dias frios proteja-se bem, usando roupa quente e confortável. Não tenha vergonha de usar gorros e chapéus (até estão na moda), pois são excelentes para a protegerem do vento e do frio.

·         Lave as mãos – Deverá lavá-las frequentemente, e muito bem. As mãos estão permanentemente em contacto com vários microorganismos, que nos podem transmitir várias infecções, nomeadamente a gripe. Evite mexer na boca, olhos e nariz.

·         Durma bem – Procure dormir cerca de 8 horas por noite. Para além de a ajudar a manter-se com mais energia, é muito importante para a saúde do seu sistema imunitário.

·         Faça exercício físico – Ande a pé, suba as escadas, dance, e mexa-se sempre que possível. Está comprovado que quem tem uma maior actividade física, adoece menos. E ainda, aquece de forma natural!

Com uma boa nutrição, passará um Inverno tranquilo, longe das gripes e constipações.

Muita Saúde para todos!

Dra. Eduarda Alves

Dietista

Diretora da Clínica dos Alimentos

Telefone: 21 432 55 15

www.clinicadosalimentos.pt