Marcação de consulta

Marcação de consulta
Marcar em www.hospitaldaordemterceira.pt e www.vitasana.pt

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Chocolate

  • É conhecido como “o alimento dos Deuses”.
  • É muito rico em energia, fornecendo cerca de 550 calorias por 100 gramas. As pessoas que queiram reduzir o seu peso deverão evitá-lo ou ingeri-lo em quantidades reduzidas.
  • É rico em gordura, tendo cerca de 30 gramas de gordura por cada 100 gramas.
  • O chocolate preto contém menos açúcar, contém mais ferro e magnésio que as outras variedades de chocolate.
  • Cientificamente não está comprovado que o chocolate faça mal à pele, ou agrave a acne.
  • Por conter cafeína e teobromina, as quais são estimulantes, pode dificultar o sono em pessoas mais sensíveis.
  • O chocolate preto é rico em polifenóis (antioxidantes), principalmente em catequinas (as quais também se encontram em elevada quantidade no chá verde). Este é um dos principais benefícios nutricionais do chocolate, pois os polifenóis contribuem para prevenir doenças cardiovasculares, cancro, o envelhecimento precoce e várias outras doenças crónicas.
  • O chocolate preto tem um índice glicémico moderado, sendo cerca de metade do índice glicémico do pão branco.
    Faz parte da dieta dos astronautas no espaço e dos soldados americanos que se encontram em combate.
  • É menos prejudicial para os dentes que a maioria dos outros doces.
  • É frequente algumas pessoas ingerirem chocolate em maior quantidade quando se encontram em situações de stress. Esta vontade pode ser explicada pela sensação de prazer que proporciona, bem como pela associação a prémio e bem-estar.
  • Um chocolate de qualidade contém no mínimo 50% de cacau na sua composição. Alguns chocolates chegam a ter 90% de cacau.
Podendo ser um aliado em algumas situações, noutras também poderá ser um inimigo da sua saúde. Aconselhe-se com a sua Dietista.
Dra. Eduarda Alves
Directora da Clínica dos Alimentos
Dietista no Hospital São Francisco Xavier


.