Marcação de consulta

Marcação de consulta
Marcar em www.hospitaldaordemterceira.pt e www.vitasana.pt

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Quais são os alimentos proibidos quando se sofre de Favismo?

Favismo ou Anemia Hemolítica


Olá bom dia! Como está? Espero que muito bem.

O Favismo ocorre devido à deficiência numa enzima - a glucose-6-fosfato desidrogenase (G6PD) - e esta deficiência pode ser ligeira ou total.

Quem sofre desta doença, após uma refeição com algum destes alimentos - favas, ervilhas, abóbora, figos da Índia, courgettes - pode manifestar alguns sintomas, como febre, urina escura, dores nas costas e/ou barriga, icterícia, arrepios, falta de apetite, hipotensão arterial, prostração, mal estar geral....

Em Portugal, o Favismo afecta cerca de 0,5% dos portugueses, sendo pouco comum e mais frequente nos indivíduos do sexo masculino.

Apesar de existirem muitos estudos sobre o Favismo, ainda não se sabe exatamente qual a causa de algumas pessoas com deficiência de G6PD desenvolverem sintomas de Favismo após comerem favas, e outras pessoas não manifestarem quaisquer sintomas.

Também é frequente – nas pessoas com deficiência de G6PD – fazerem várias refeições com favas, sem manifestarem quaisquer sintomas, e subitamente – após uma refeição de favas – iniciarem sintomas de Favismo.

A forma de preparação das favas (aparentemente quanto menos cozinhadas forem, bem como a combinação com o azeite – poderá facilitar a assimilação das substancias que o desencadeiam -, poderão aumentar o risco de desencadear Favismo), também influência a manifestação do Favismo, bem como a combinação de alimentos, o índice glicémico da refeição, a maior ou menor acidez da refeição, o funcionamento intestinal da pessoa em causa, bem como a toma de alguns fármacos.

Pressupõe-se que a morte de Pitágoras tenha sido devido a Favismo.

Aparentemente, existem várias variantes deste síndrome, sendo que algumas pessoas também manifestam sintomas de Favismo com a ingestão de ervilhas, abóbora, courgette e figos-da-Índia.

Lembro-me de algumas pessoas – em consulta – me referirem que por vezes bastava passearem num faval, e mexerem nas plantas para que notassem alguns dos sintomas.

Ainda existe muito para descobrir sobre o Favismo, e como tal é essencial avaliar cada pessoa como o caso único que é!

Cumprimentos vitaminados,
Eduarda Alves.
Dietista – Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas
Acompanhe todas as novidades no Facebook


Copyright: © By Eduarda Alves, 2016. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.

Consulta de Nutrição
Agualva-Cacém - Clínica Vita-Sana: 21 914 07 55.
Lisboa - Hospital da Ordem Terceira: 21 323 03 98.


 


.