Marcação de consulta

Marcação de consulta
Marcar em www.hospitaldaordemterceira.pt e www.vitasana.pt

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Mel



  • Um quarto do seu volume é água.

  • O sabor do mel varia consoante as plantas de onde as abelhas recolhem o néctar. O mel de rosmaninho é claro e tem um aroma doce inconfundível. O mel de castanheiro é escuro e quase amargo.

  • É excelente para a pele, deixando-a lisa, muito macia e suave.

  • O mel pode ter toxinas das plantas de onde foi recolhido o pólen.

  • O chá de limão com mel ajuda no combate às dores de garganta, pois o seu sabor doce estimula o cérebro a produzir endorfinas, as quais são os analgésicos naturais produzidos pelo organismo e o chá doce e aromático vai estimular a produção de saliva, contribuindo para diminuir a irritação da garganta. O mel também possui substancias que actuam como um antibiótico natural.

  • Se as abelhas recolherem o pólen da planta rododendros, podem produzir um mel que pode provocar paralisia a quem o consumir.

  • O mel, para além de açúcar e água, contém vitaminas, enzimas e vários outros nutrientes.

  • Deve ser conservado num recipiente bem fechado, de forma a conservar as suas propriedades, pois absorve a humidade.

  • Não é permitida a adição de nenhum aditivo ao mel.

  • Fornece cerca de 300 calorias por 100 gramas.

  • Adoça mais do que o açúcar comercial (sacarose).

  • Não é aconselhável para pessoas com diabetes.

Saiba se este alimento é benéfico para si. Pergunte à sua Dietista.

Dra. Eduarda Alves
Directora da Clínica dos Alimentos
Dietista no Hospital São Francisco Xavier


.