Marcação de consulta

Marcação de consulta
Marcar em www.hospitaldaordemterceira.pt e www.vitasana.pt

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Qual a importância da Intervenção dietética precoce na Obesidade Infantil?

De pequenino se nutre o menino!


A intervenção dietética precoce evita que a criança se transforme num adulto obeso. É necessário incutir hábitos alimentares saudáveis, o mais precocemente possível, diminuindo a probabilidade da criança se tornar um adulto obeso e consequentemente prevenir as doenças associadas à obesidade como a dislipidémia (excesso de gorduras e colesterol no sangue), HTA, diabetes2, problemas ósseos, esteatose hepática (fígado gordo) e várias outras doenças crónicas. Estes riscos aumentam, quando há familiares que tenham estas doenças.


As crianças captam tudo à sua volta (os exemplos que vêem, o que se lhes diz, …) assimilando toda a informação que lhes é fornecida.

A maioria passa mais de 3 horas por dia em frente ao televisor, assistindo a variadíssimos anúncios de guloseimas e “fast food”. Muitos desses produtos alimentares têm baixa qualidade nutricional (não têm fibra, poucas vitaminas e minerais) e fornecem uma quantidade muito grande de açúcares e gorduras e consequentemente um elevado aporte de energia.

Apesar de tudo isto, estes produtos até têm um sabor agradável, vêem numa embalagem apelativa e são fáceis e rápidos de preparar.

Durante estes anúncios, alguns colocados estrategicamente nos intervalos de programas infantis, passam uma mensagem associada a divertimento, felicidade, amizade a uma população que é muito vulnerável e que ainda não tem conhecimentos de alimentação que lhes permitam rejeitar esses produtos alimentares, e uma vez consumidores, consumidores para toda a vida.

Através duma intervenção dietética precoce podemos fornecer esses conhecimentos, de alimentação racional e equilibrada de forma a que possam fazer escolhas saudáveis e prevenir muitas das doenças crónicas do adulto, que surgem após vários anos de erros alimentares consecutivos. É de pequenino que se nutre o menino!

De acordo com estudo efectuado nos EUA (BOGALUSA) as crianças obesas que iniciaram acompanhamento dietético entre os 6 e os 12 anos, mantiveram os efeitos positivos na idade adulta, reforçando a importância da intervenção dietética precoce no tratamento da obesidade.

Segundo um outro estudo efectuado na Alemanha (KOPS) houve redução do aumento da massa adiposa (massa gorda) em 83% das crianças com idades entre os 6 e os 7 anos, após um ano de intervenção dietética nas escolas.


Cumprimentos vitaminados,
Eduarda Alves.

Nutricionista- Dietista – Membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas
 
Acompanhe todas as novidades no Facebook

Copyright: © By Eduarda Alves, 2008 a 2016. Todos os direitos reservados. Proibida qualquer reprodução.

Consulta de Nutrição
Agualva-Cacém -
Clínica Vita-Sana:
21 914 07 55.
Lisboa - Hospital da Ordem Terceira: 21 323 03 00

.